segunda-feira, 11 de julho de 2011

Gabarito das questões objetivas da prova de Português 7º ano

ATENÇÃO:                        
O RESULTADO FINAL DA PROVA SERÁ DIVULGADO NESTE BLOG A PARTIR DA PRÓXIMA SEMANA.
                                     

 A Velha Contrabandista 

         Diz que era uma velhinha que sabia andar de lambreta. Todo dia ela passava pela fronteira montada na lambreta, com um bruto saco atrás da lambreta. O pessoal da Alfândega - tudo malandro velho - começou a desconfiar da velhinha.
         Um dia, quando ela vinha na lambreta com o saco atrás, o fiscal da Alfândega mandou ela parar. A velhinha parou e então o fiscal perguntou assim pra ela:
         - Escuta aqui, vovozinha, a senhora passa por aqui todo dia, com esse saco aí atrás. Que diabo a senhora leva nesse saco?
         A velhinha sorriu com os poucos dentes que lhe restavam e mais os outros, que ela adquirira no odontólogo, e respondeu:
         - É areia!
         Aí quem riu foi o fiscal. Achou que não era areia nenhuma e mandou a velhinha saltar da lambreta para examinar o saco. A velhinha saltou, o fiscal esvaziou o saco e dentro só tinha areia. Muito encabulado, ordenou à velhinha que fosse em frente. Ela montou na lambreta e foi embora, com o saco de areia atrás.
         Mas o fiscal ficou desconfiado ainda. Talvez a velhinha passasse um dia com areia e no outro com muamba, dentro daquele maldito saco. No dia seguinte, quando ela passou na lambreta com o saco atrás, o fiscal mandou parar outra vez. Perguntou o que é que ela levava no saco e ela respondeu que era areia, uai! O fiscal examinou e era mesmo. Durante um mês seguido o fiscal interceptou a velhinha e, todas as vezes, o que ela levava no saco era areia.
         Diz que foi aí que o fiscal se chateou:
         - Olha vovozinha, eu sou fiscal de alfândega com 40 anos de serviço. Manjo essa coisa de contrabando pra burro. Ninguém me tira da cabeça que a senhora é contrabandista.
         - Mas no saco só tem areia! - insistiu a velhinha. E já ia tocar a lambreta, quando o fiscal propôs:
         - Eu prometo à senhora que deixo a senhora passar. Não dou parte, não apreendo, não conto nada a ninguém, mas a senhora vai me dizer: qual é o contrabando que a senhora está passando por aqui todos os dias?
         - O senhor promete que não "espáia"? - quis saber a velhinha.
         - Juro - respondeu o fiscal.
         - É lambreta.

Stanislaw Ponte Preta

1) O que a velhinha carregava dentro do saco, para despistar o guarda?
Era areia.

2- Diga de quem são as falas a seguir:
a) - Mas no saco só tem areia! Velhinha
b) - Escuta aqui, vovozinha, a senhora passa por aqui todo dia, com esse saco aí atrás. Que diabo a senhora leva nesse saco? Fiscal
c) - O senhor promete que não "espáia"?
Velhinha
d) - É lambreta. Velhinha

3) O autor quis dizer com a expressão “tudo malandro velho”:
(        ) que todo o pessoal tinha muita idade;
() que todo o pessoal era metido a malandro;
(x) que todo o pessoal era muito experiente no assunto de      contrabando;

4) Explique com suas palavras qual foi o truque da velhinha para enganar o fiscal.
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
5) Quando a velhinha decidiu contar a verdade?
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

6) Assinale o significado incorreto da palavra “muamba”:

(        ) produto ilegal.
(        ) produtos importados sem pagar impostos.
() mercadoria de qualidade duvidosa.
(x) produto comprado com nota fiscal.


7) Numere corretamente as frases abaixo, observando a ordem dos acontecimentos.
(
2 )  O pessoal da alfândega começou a desconfiar da velhinha.
(
4) Diante da promessa do fiscal, ela lhe contou a verdade: era contrabando de lambretas.
(
1) Todo dia, a velhinha passava pela fronteira montada numa lambreta, com um saco no bagageiro.
levava no saco era areia.
(
3) Então, ele prometeu que não contaria nada a ninguém, mas pediu à velhinha que lhe dissesse qual era o contrabando que fazia.

8- Escreva adjetivos que caracterizem os personagens:
a- o fiscal era __________________, _____________________
b- a velha era __________________, _____________________

9. Na expressão: “Com um bruto saco atrás da lambreta”, a palavra grifada significa:

a) ( ) estúpido                b) (
x ) grande                c) ( ) mal educado

10- É um texto que transmite:


( ) momentos de tensão
( ) comentários policiais
(x ) uma situação de humor
( ) uma situação triste



11- Alfândega é o departamento onde:
(
x ) Cobram-se impostos e taxas de produtos.
( ) Compram-se produtos.
( ) Vendem-se mercadorias proibidas

II- Gramática
1- .Classifique o sujeito das orações em:
A- Sujeito simples
B- Sujeito composto
( A ) Os jogadores de basquete comemoraram a vitória.
( B ) Eu e meu irmão somos ótimaos amigos.
( A ) Eu esperei por você a noite toda.
( A ) Todos os professores participaram da comemoração.
( B ) O silêncio e a escuridão amedrontavam os meninos.

2- .Assinale em qual das alternativas o sujeito é indeterminado.
(    ) Conversamos sobre o sucesso do governador.
( x ) Falaram muito sobre o brilhantismo do seu discurso.

3-  Assinale em qual das alternativas a oração é sem sujeito.
(  x ) Choveu forte ontem à noite.
(    ) Faço empenho no seu sucesso.

4- Assinale em qual das alternativas o sujeito é oculto:
(  x ) Gastamos muito tempo na nossa pesquisa.
(     ) Os jornalistas e os artistas defendem a liberdade de expressão.


2 comentários:

  1. componente:raquel fernandes de queiroz

    nota do trabalho:23 nº17

    ResponderExcluir
  2. vlw vc me ajudou mtooooooooo vo tirar 10 na minha prova

    ResponderExcluir